Alarmes anti-sono – os amigos do motorista contra o cansaço e a sonolência


Os acidentes causados pelo cansaço e pela fadiga são cada vez mais comuns nas estradas. Muitas vezes, o motorista se obriga a dirigir, mesmo após um dia estressante de trabalho, colocando em risco a sua segurança e a dos passageiros.

Visando prevenir esses perigos, algumas empresas, no Brasil e no exterior, começaram a comercializar dispositivos que monitoram a fadiga e as respostas dos motoristas a ela - tanto dos profissionais ou daqueles que apenas dirigem carros de passeio. Muitos desses alarmes, como são chamados, também monitoram a velocidade do veículo e sua trajetória, a fim de manter o condutor concentrado. O objetivo é manter o motorista acordado, entrando em ação quando é percebido algum sinal de sono.

Opções diversas no mercado

Há também os dispositivos que agem antes do motorista chegar ao estado de sonolência. É o caso do Anti Sleep Pilot. Ele funciona assim: o motorista deve tocar o aparelho, sempre que soar um alarme. Se chegar a um ponto em que o dispositivo perceber que não há condições do condutor seguir viagem, ele aciona um alarme para que fique claro que é hora de descansar. O Anti-Sleep Pilot é portátil, pode ser usado em qualquer veículo e já possui aplicativo para iPhone e iPad.

Outro sistema similar é o Attention Assist, da Mercedes-Benz, capaz de monitorar até 70 parâmetros seguidos pelo condutor, incluindo o ângulo de giro do volante e a maneira

como o veículo está sendo freado. Esta análise ajuda o equipamento a analisar as condições de direção do condutor. Uma vantagem deste dispositivo é que ele pode corrigir o trajeto do veículo e ainda frear, no caso de urgência.

Alarme de dedo

Novidade no mercado norte-americano, o alarme anti-sono StopSleep vai além, interagindo o tempo todo com o corpo do condutor. Projetado para ser usado nos dedos durante longas viagens, o StopSleep monitora continuamente o nível de fadiga do motorista, informando quando ele precisa fazer uma pausa. Afinal, conduzir durante longos períodos de tempo pode deixar os motoristas inseguros sobre a necessidade de um intervalo, mesmo que eles não se sintam afetados pelo cansaço.

O StopSleep funciona monitorando continuamente a atividade elétrica da pele do condutor do veículo através de oito sensores embutidos. Quando os níveis eletrodérmicos desse condutor começam a baixar além do que seria considerado seguro, o dispositivo avisa por meio de um alarme incorporado.

Uma vez que a fadiga é uma causa direta de milhares de mortes e de pessoas feridas todo ano, o alarme anti-sono StopSleep chega ao mercado como mais uma abordagem eficaz do século 21, para manter os motoristas e os passageiros seguros.

Antes de comprar o seu, pesquise no mercado as diversas opções e qual delas se adapta melhor ao seu ritmo de trabalho. E, lembre-se, segurança nunca é demais. Dirija com atenção, descansado e boa viagem!

Fontes e fotos: Trendhunter.com | Motor Dream

Siga
  • Black Facebook Icon
  • Black LinkedIn Icon
Assine
Tags