Caminhões pesados ‘puxam o trem’ da retomada do crescimento


Dados da Anfavea divulgados na última quarta-feira revelam que os veículos pesados lideram a retomada do crescimento deste setor. Segundo a Associação, as vendas de pesados entre janeiro e novembro deste ano superaram as do ano passado, resultado, principalmente, da renovação de frotas promovidas por empresas que atuam nos setores de bebida e varejo, e também por conta da Selic menor e da Fenatran.

Até novembro, foram vendidos 16.576 caminhões pesados no Brasil, 19,7% a mais que em 2016. Porém, o mesmo não pode ser aplicado às outras categorias, que tiveram queda. Porém, em novembro, todas apresentaram alta em relação ao ano anterior. No mês foram vendidos 2.057 pesados, 80,8% a mais do que em novembro do ano passado; 1.434 semipesados, 34,5% a mais, e 1.159 leves, 15,7% a mais do que em novembro anterior. Só de pesados foram vendidos 5.472 caminhões, melhor desempenho desde 2015. No total, as empresas esperam fechar o ano na faixa das 50 mil unidades vendidas.

Ranking de veículos vendidos

Nos pesados, a Volvo registrou, em volume, 4.510 veículos vendidos, 21,1% a mais do que em 2016. Em seguida vem a Mercedes-Benz, com 4.398 unidades, 18,3% mais. A Scania aparece com 4.238 unidades, volume 28,9% mais alto que o do ano anterior, seguida pela MAN, com 1.704 unidades comercializadas, volume 7,2% maior do que no ano passado.

Siga
  • Black Facebook Icon
  • Black LinkedIn Icon
Assine
Tags