Carros-drone devem chegar ao mercado até 2022


Quem disse que não veríamos carros voando neste século? A partir de 2019, começam os primeiros testes do carro-drone, resultado do projeto ‘Flow.me’, do Centro de Engenharia e Desenvolvimento de Produto (CEiiA), de Portugal.

O carro deve chegar ao mercado em 2022 e prevê, basicamente, uma cabine para até 4 passageiros e dois sistemas - aéreo e terrestre, fundindo em um mesmo engenho tecnologias dos setores automotivo, aeronáutico e sistemas inteligentes de mobilidade.

Seu sistema de locomoção rodoviário suporta até 500kg além dos passageiros, possui autonomia para 200 km e carregamento por indução e conexão direta, além de um drone, claro, medindo seis metros.

Segundo o CEiiA, que lidera um consórcio que integra inclusive entidades brasileiras, o projeto ambicioso levou 10 anos para ficar pronto e teve um investimento global de 18 milhões de Euros. O carro-drone pode se deslocar tanto pela estrada como pelo ar, evitando problemas no trânsito e agilizando a chegada ao destino.

Ainda de acordo com os idealizadores, o ‘Flow.me’ desconstrói o conceito de veículo único tal como conhecemos (cabine, motor, eixo, rodas etc.), separando a cabine do sistema de locomoção, gerando assim vários sistemas, adaptados a diferentes meios, podendo ser utilizados pela estrada ou pelo ar.

Fotos: CEiiA

Siga
  • Black Facebook Icon
  • Black LinkedIn Icon
Assine
Tags

© 2016 por Grupo Farrapos.