Estudo relaciona Pokemón Go a acidentes de trânsito com mortes nos Estados Unidos


Um estudo coordenado durante 18 meses pelos professores Mara Faccio e John J. McConnell, da Escola de Gestão Krannert, da Universidade de Purdue (EUA), documentou um aumento desproporcional de falhas e danos em veículos, ferimentos em pessoas e mortes nas proximidades de locais chamados PokéStops, onde os usuários do jogo Pokemón Go podem jogar enquanto dirigem.

O estudo tomou como base relatos policiais detalhados de acidentes ocorridos no condado de Tippecanoe, Indiana (EUA) e demonstrou que mais de 145.000 acidentes de trânsito podem ter sido causados pelo jogo, quando este estava no seu auge da sua popularidade, aumentando o número de lesões em 29.370 pessoas e causando cerca de 256 mortes, desde que foi lançado, em 2016.

Distração ao volante

O Pokemón Go é um jogo de realidade virtual que propõe a descoberta e a ‘caça’ de criaturas através do smartphone, devendo o jogador estar atento ao ambiente que o rodeia, para detectar a presença de novos ‘animais’. Infelizmente, muitas pessoas tentaram fazer enquanto dirigiam algum veículo, causando assim milhares de acidentes.

O custo de vidas humanas

Os investigadores estimaram o custo total desse resultado com usuários do condado de Tippecanoe que jogavam Pokémon GO enquanto dirigiam, incluindo o valor de duas vidas humanas perdidas, na faixa de US $ 5,2 milhões a US $ 25,5 milhões em apenas 148 dias após a introdução do jogo. Se extrapolarmos as estimativas para níveis nacionais, este valor pode ficar entre US $ 2,0 bilhões a US $ 7,3 bilhões, no mesmo período.

Uso de App aumenta acidentes na estrada

O estudo também analisou milhares de acidentes ocorridos em vários estados dos EUA, entre março de 2015 e novembro de 2016, relacionados a distrações ao volante causadas por aplicativos ou jogos utilizados a partir do smartphone. O resultado foi um aumento significativo do número de acidentes com mortes nas estradas.

Siga
  • Black Facebook Icon
  • Black LinkedIn Icon
Assine
Tags

© 2016 por Grupo Farrapos.